CONSTRUTIVISMO
A Educação na Família e na Escola

Publicações
  Izolda Lopes



A Educação na Família e na Escola

Izolda Lopes

psicopedagoga e pedagoga empresarial
Rio de Janeiro/RJ/Brasil, 26 de março de 2004

Uma conduta pedagógica - de pais e educadores - que respeita a individualidade dos filhos / aprendentes, através da construção permanente de limites e valores, proporcionando o desenvolvimento contínuo e multidisciplinar da inteligência, da socialização e da criatividade.

Na ação terapêutica psicopedagógica, a filosofia construtivista nos proporciona avaliar, para diagnosticar defasagens, tendo sempre em vista as características individuais e históricas de cada aprendente, seja este criança, adolescente ou adulto.

Na atuação profissional, o construtivismo embasa nossa conduta de proporcionar sempre a realização prática do conceito: aprender a aprender.

A teoria foca o desenvolvimento da inteligência do ser humano, desde antes do seu nascimento, permanecendo em todas as faixas etárias no processo de educação preventiva e até corretiva, tornando o ser humano propício a mudanças e pronto a redescobrir sempre suas potencialidades. A construção da inteligência é um processo contínuo e, através da teoria construtivista, contextualizada aos ambientes familiar, escolar e profissional, individual e coletiva.

O construtivismo torna o ser humano capaz de buscar a ampliação do seu nível de inteligência através da observação do meio que freqüenta e se desenvolve. A intermediação externa tem de lhe proporcionar os meios comparativos na construção desse conhecimento sem impedi-lo de questionar a validade do processo para obter as suas próprias conclusões, para, em seguida, expor-se ao meio cultural socializando e compartilhando o aprendizado, construindo noções de regras e limites comuns sem perda da liberdade lúdica criadora.

O Meio Cultural

Há que se compreender MEIO CULTURAL como a história existente e construída ao longo do processo de formação pessoal, familiar, social, econômica e profissional de cada indivíduo, bem como as prevalecentes no contexto da organização empresarial na qual esteja inserido no momento da intervenção. Meio cultural portanto é o conjunto dos contextos - família, escola, trabalho e sociedade - indissociáveis, mas particulares em si mesmos, cujas influências o indivíduo transporta em tempo integral, mas nem sempre está orientado a perceber e avaliar as fronteiras para a sua atuação e transformação. Não se pode negar o passado e o presente no processo educador para a construção do futuro.

Educação & Conhecimento

Investir no conhecimento é promover o desenvolvimento da sociedade, prevenir os males sociais violência, marginalidade derivadas da ausência de perspectivas, estabelecer a convivência com regras e limites, fazer aflorar nos indivíduos a auto estima e dignidade.

A TEORIA CONSTRUTIVISTA possibilita ao indivíduo aguçar o seu senso de observação e criatividade para "extrair do nada alguma coisa", cuja utilidade passe a integrar o seu ROL DE SOLUÇÔES. Simultaneamente, observar, agir e transformar resgata a capacidade de rir e brincar, tão necessárias ao bem estar físico, emocional e intelectual, com reflexos imediatos na sua atuação no meio cultural.


www.construtivismo.com.br

Relacionados com: Izolda Lopes


Envie seus comentários www.construtivismo.com.br